Ervas Naturais

Aproximando a Natureza

Tomilho

Posted by Erva e Plantas Naturais em 10 de Abril de 2011


NOME CIENTÍFICO: Thymus vulgaris L

FAMÍLIA BOTÂNICA: Lamiaceae.

SINONÍMIA

Arçã, arçanha, poejo, segurelha, timo, tomilho-ordinário, tomilho-vulgar.

HABITAT

Espécie alóctone européia que cresce em estado selvagem em terrenos secos e quentes, até mesmo em colinas áridas, da flora mediterrânica, prosperando até 3.000m de altitude (96).

FITOLOGIA

Planta subarbustiva perene, que cresce de 15 a 30cm de altura. Forma uma moita de caule tortuoso, muito ramificado,  lenhoso, rasteiro, de ramos acizentados, eretos e compactos. Folhas pequenas (até 6mm de comprimento), opostas, sésseis, lanceoladas ou lineares, com os bordos virados para baixo, glandulosas, tomentosas e esbranquiçadas dorsalmente. Flores brancas à rosadas, pequenas, axilares ou terminais, formando glomérulos de 3 flores que parecem capítulos globosos. Cálice tubuloso com 5 dentes. Corola gamopétala, bilabiada. Fruto composto de 4 aquênios. Fortemente aromática. O sabor é algo picante e levemente amargo.

SOLO

Exige solos soltos, bem drenados, profundos, arenosos, com boa exposição solar, sem problemas de acidez. A planta não suporta solos úmidos e argilosos, pois reduzem o crescimento e afetam a formação dos metabólitos secundários. Teores decrescentes de umidade no solo acentuam a cerosidade sobre a folhas e o conteúdo de óleos essenciais (231).

CLIMA.

Adapta-se aos mais variados clima da Terra, porém os produtos de maior qualidade são obtidos em regiões temperadas quentes, cujas temperaturas giram em torno de 20o C  (182). A planta é heliófita e não tolera regiões de pluviosidade elevada. Quanto maior a luminosidade, maior o número de glândulas de óleos essenciais e as plantas tornam-se mais eretas, com maior número de ramos e brotações vigorosas (231).

AGROLOGIA

  • Espaçamento: 0,5 x 0,4m.
  • Propagação: divisão de touceiras, estaquia, mergulhia e sementes. Semear em bandejas de isopor contendo substrato organo-mineral. Um grama de sementes possui cerca de 4.000 a 5.000 sementes (96). As estacas devem ser enraizadas em vermiculita, mantida sempre umedecida.
  • Plantio: primavera (propagação vegetativa) e outono (sementes).
  • Plantas daninhas: a planta não tolera qualquer tipo de concorrência.
  • Adubação: O uso de fertilizante mineral debilita a planta, que prefere solos mais pobres.
  • Florescimento: outubro a novembro.
  • Colheita: ocorre dois anos após o plantio, por ocasião do florescimento.
  • Renovação da cultura: após o segundo ou terceiro ano de cultivo, a qualidade das plantas decai sensivelmente. Neste caso, retirar as cepas e obter novas mudas.
  • Padrão comercial: o teor de cinzas não deve ser maior que 14% (96).

PARTES UTILIZADAS

Sementes, sumidade florida e folhas.

PARTES UTILIZADAS

Sementes, sumidade florida e folhas.

FITOQUÍMICA

Timol, carvacrol (283), cimol, borneol, linalol, cimeno, pineno, tanino (257), álcoois, hidrocarbonetos, resina, saponósidos e vitaminas B1 e C  (182).

PROPRIEDADES ETNOTERAPÊUTICAS

Antioxidante, antimicrobiano, retardante da senelidade, preservativo de alimentos (109; 110; 108), antiespasmódica, antisséptica, anti-reumática, anti-helmíntica (257), carminativa, béquica, antidiarréica (32), cicatrizante, desodorizante, tônico capilar, estomáquica, antigripal, aperiente, tônica, diurética (294), antileucorréica (32), revulsiva, anti-helmíntica (283) excitante das funções circulatórias e cerebrais,  colerética,  emenagoga,  hemolítica,  e sudorífica.

INDICAÇÕES

Indicada ainda para a coqueluche, anemia, fastio, astenia, convalescença, ftiríase, halitose, sinusite, sarna, meteorismo, lumbago, parasitoses, problemas respiratórios. (383), tosse convulsa, depressão nervosa (294), úlceras dérmicas, afecções da garganta (303), atonia do tubo digestivo, cólicas, gota, angina, amenorréia e catarros crônicos (32).

ATIVIDADE BIOLÓGICA

O óleo essencial da planta apresenta forte atividade contra Staphylococcus aureus, Escherschia coli e Candida albicans (362).

FORMAS DE USO

  • Decocção: 1 colher das de chá de sementes para cada xícara de água. Tomar 1 xícara das de chá 2 a 3 vezes aos dia.
  • Infusão: uso interno – 10g de folhas por litro de água; uso externo – 40g/litro (32; 257).

OUTRAS PROPRIEDADES

  • Condimento, sobretudo em marinadas, hortaliças, peixes, carnes e queijos.
  • Utilizado na indústria perfumista e de licores.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: