Ervas Naturais

Aproximando a Natureza

Surucuína

Posted by Erva e Plantas Naturais em 10 de Abril de 2011


NOME CIENTÍFICO: Eclipta alba [L.] Hassk

FAMÍLIA BOTÂNICA: Asteraceae.

SINONÍMIA

Agrião-do-brejo, cravo-bravo, coacica, coatiá, erva-botão, erva-de-botão, erva-lanceta,ervanço, lanceta, pimenta-d’água, pluméria, quebra-pedra, sucurima, suricuína, tangará, tangaracá.

HABITAT

Espécie alóctone, originária da Ásia. É cosmopolita por excelência. No Brasil ocorre sobretudo nas regiões quentes.

FITOLOGIA

Planta herbácea anual, de ereta a prostrada, silvestre, medindo cerca de 40 a 50m de altura, de caule lenhoso na base e herbáceo nas extremidades, muito ramoso, cilíndrico, oco, áspero, verde-avermelhado, radicante nos nós, quando contata o solo úmido. Folhas opostas, simples, sésseis (as superiores) ou curto-pecioladas (as inferiores), oblongo-lanceoladas, base cuneadas e extremidade aguda, margens inteiras ou ligeiramente denticulada, medindo 8 a 10cm de comprimento por 2cm de largura. Flores em capítulos cônicos isolados ou pareados. Flores em capítulos subglobosos, com 0,5 a 1,0cm de diâmetro, formado por um invólucro campanulado em torno de duas séries de filárias com pilosidade esbranquiçada. Fruto aquênio, obovóide, fosco, rugoso-tuberculado, castanho.

CLIMA

É de clima tropical e subtropical quente. Não tolera baixas temperaturas.

SOLO

Adapta-se a diferentes tipos de solo. Prefere solos úmidos e pouco ácidos, mas tolera até solos secos, alagados e semi-halógenos, quando a planta está adulta.

AGROLOGIA

  • Espaçamento : 0,3 x 0,3m.
  • Propagação: sementes. Semear diretamente em sulcos transversais de canteiros.
  • Plantio: agosto.
  • Florescimento: inicia na primavera.
  • Colheita: dois meses após a emergência.
  • Produção de sementes: a colheita de sementes ocorre de outubro a dezembro, frutificando num período de cerca de 100 dias após a emergência. Uma única planta produz até 17.000 sementes (242).

FITOQUÍMICA

Wedelolactona (323; 427), ácido tânico, nicotina (9), surucuína e óleo essencial (93).

PROPRIEDADES ETNOTERAPÊUTICAS

Imunoestimulante inespecífica, antiofídica (427), adstringente antiasmática (93), cicatrizante, pilogênica, antilítica, depurativa do sangue, laxativa (242), antilítica, antiasmática e anti-hemorrágica (9). Estimula a síntese de interferon, que neutraliza “in vitro” o veneno da jararaca e atua como hepatoprotetora quando ocorre administração tóxica de medicamentos para o fígado (257).

INDICAÇÕES

Útil no tratamento da bronquite (93), doenças infecciosas (257), eczemas e icterícia (242). Os conhecimentos populares de outrora indicavam a planta para o combate à lepra, moléstias pulmonares, sífilis e elefantíase (93).

FORMAS DE USO

  • Decocção: 10 a 20g da planta em 1 xícara das de chá de água, tomando ½ xícara das de chá duas vezes ao dia (257).

OUTRAS PROPRIEDADES

  • A seiva do caule, exposta ao ar, é azulada, enegrecendo em reação com sais de ferro. Esta propriedade da planta é utilizada para o tingimento de cabelos encanecidos.
  • A tintura é utilizada em tatuagem (93).
  • A planta é hospedeira alternativa de Meloidogyne incognita (242).

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: